Deprecated: strlen(): Passing null to parameter #1 ($string) of type string is deprecated in /home/radiocidade/public_html/home_1/framework/class/Noticia.class.php on line 82
De Brusque para encantar o estado

De Brusque para encantar o estado

Corpo magro, foco nas dietas, perda de medidas. Essa é a preocupação das modelos, certo? Errado! Uma parcela das garotas que seguiram nessa profissão se preocupam com isso, exceto as modelos “Plus Size”, aquelas no qual a beleza está na sobra de gordurinhas e não falta delas. Com 1,65 cm e 86 quilos, Gilmara Karina Lyra (27), assistente financeiro, bombeiro voluntário e, há um ano, modelo, resolveu quebrar a barreira do preconceito e mostrar que as meninas acima do peso também têm espaço no mundo da moda. Ela é a única brusquense que participará do concurso Miss Plus Size Santa Catarina.

Gilmara começou na carreira através de o convite de uma amiga promotora de moda. “Ela veio toda recatada com medo que eu me ofendesse, mas que ela precisa de alguém com meu corpo. Na hora não entendi direito, mas ela foi me explicando como funcionava e fizemos o primeiro desfile. Depois disso, começamos a fazer os catálogos, ela me dando dicas de como agir na frente das câmeras e, dali em diante, o pessoal foi me conhecendo e vieram os próximos convites”, relembra.

Para o concurso não foi diferente. Amigos motivaram a modelo até que ela fizesse a inscrição. Vestir acima do tamanho 44 é o único critério exigido pela organização. Depois de enviar as fotos, Gilmara recebeu a notícia que havia sido selecionada para a etapa estadual. “De todas que mandaram fotos, algumas foram selecionadas. Dessas, 19 estão indo dia 25 de outubro para Joinville, para participar do Miss Plus Size SC, que ganha o direito de participar do Miss Brasil em 2014 em Brasília”, conta ela.

Movida pelo desafio, Gilmara quer dar todos os passos nessa carreira. Foram fotos, depois catálogos, desfiles e agora o concurso. Ela já se sente vitoriosa. E não é o prêmio que está falando. “Acho que já sou vitoriosa pela quebra dos preconceitos. Você dizer que não sofreu não é o certo. Principalmente escola, tem as piadinhas, brincadeirinhas. Aí você vai adolescência, questão de ir pra balada com suas amigas, todas magrinhas. Mas eu sempre lidei muito bem assim, sempre fiz tudo que eu queria fazer. Coloco meu porte físico com um desafio para eu conseguir as coisas que eu quero”.

Se por um lado não há preocupação com dietas, há um cuidado com a saúde. Gilmara pode comer o que bem entender, mas atividades físicas também fazem parte da agenda dela. “Claro que eu não como cosias que não me façam bem. Eu não me importo em ser gordinha, mas eu quero ter saúde, né. Gosto de fazer atividades físicas, acho que é importante. Mas não me privo de nada. Acho que isso me torna uma pessoa mais feliz”.

Segundo Gilmara, hoje em dia é muito mais fácil lidar com isso. A moda facilita. Ela enxergou que podia ser bonita do jeito que era quando recebeu o primeiro convite para desfilar. A partir dali começou a se valorizar. “Hoje tem muito mais facilidade. Uma jovem Plus Size tem todas as opções que o tamanho padrão teria. Tem opção de comprar roupa da moda no tamanho dela, de se vestir bem. Hoje, é mais fácil lidar com isso”.

Mas, afinal, o que você considera beleza? A modelo é enfática em dizer que ser bonita é ser feliz. “Se você é feliz com seu corpo, não importa se é alta, baixa, gorda, magra, loira ou morena. Você tem que se aceitar, se você se aceita você vive melhor”.

OUÇA, ABAIXO, A ENTREVISTA COMPLETA

Dúvidas ou Sugestões