Brusque decreta situação de emergência em saúde devido a casos de dengue

O prefeito Ari Vequi assinou, na tarde desta terça-feira (12), o decreto nº 9.168, que declara situação de emergência em saúde pública em todo o território municipal, face à infestação pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, febre  chikungunya e zika. Com o decreto, o combate e efetivação das ações de enfrentamento se tornam mais intensas e ágeis. 

A cidade registra aumento significativo de casos de dengue nos últimos 20 dias, chegando a 784. Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), a partir de 300 casos a cada grupo populacional de 100 mil habitantes, é considerado estado de emergência na localidade. 

Ao assinar o decreto, o Prefeito Ari Vequi destacou que a medida objetiva facilitar o trabalho da Secretaria da Saúde, para que possa atuar cada vez mais forte no combate à dengue. “Por isso, dentro da autonomia da secretaria, poderemos avançar ainda mais contra essa epidemia em nossa cidade”. 

Já o secretário de Saúde, Osvaldo Quirino de Souza, enumerou algumas medidas de enfrentamento que passam a estar cobertas com a vigência do decreto de emergência em saúde pública. “Podemos contratar pessoas em regime de emergência, se eventualmente surgir a necessidade de contratação de pessoal, e podemos adquirir insumos para o combate ao mosquito, também em caráter emergencial, pois muitas vezes se seguirmos o trâmite do serviço público, teríamos uma demora para aquisição desses insumos”. 

Além disso, acrescenta o secretário, ficam favorecidos mutirões e também o acesso do agente público às residências e estabelecimentos comerciais das pessoas que não permitirem a entrada dos profissionais de saúde em suas propriedades. “Ou seja, a pessoa que se recusar, e houver uma forte suspeita de que existam focos naquele local em que ela estiver recusando a entrada do agente público, este servidor poderá solicitar o apoio da polícia militar, para acessar o interior do imóvel e efetuar a ação de fiscalização, e tratamento daquele foco”. 

Cabe ressaltar que, pelo decreto nº 9.168, o estado de emergência em saúde pública em Brusque tem vigência de 180 dias. “Esperamos que, com essas ações emergenciais, mais agudas e intensas, possamos dar um combate efetivo à dengue em nosso município”, finalizou Osvaldo Quirino de Souza.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Jovem de motocicleta despenca mais de 20 metros

Um motociclista de 20 anos foi encaminhado ao hospital de Azambuja após a moto sai da pista e cair em uma ribanceira. A altura, segundo o Corpo de Bombeiros, era de, aproximadamente, 20 metros. O acidente ocorreu por volta das 15h16, na Travessa Lagoa Dourada, bairro Paquetá, em Brusque. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o jovem conduzia uma Honda/Start. Ele relatou que estava andando em sua moto, quando se distraiu e passou reto na curva, vindo a cair no...
Continuar lendo...

Prefeitura fará estudo para instalar lombadas eletrônicas

Um estudo para colocação de lombadas ou vigilância eletrônica em Brusque será realizado pela Prefeitura de Brusque. A informação foi dada com exclusividade pelo prefeito Ari Vequi na manhã desta quarta-feira (8), no programa Rádio Revista Cidade. Segundo Ari, o estudo se fez necessário após pedidos das entidades e da própria comunidade para tentar diminuir os acidentes que vêm ocorrendo na...
Continuar lendo...

Adolescente é hospitalizado após sofrer queimaduras com óleo

Um adolescente de 12 anos teve queimaduras de 2º grau após sofrer acidente doméstico. Uma panela com óleo quente acabou caindo sobre seus pés, o atingindo até a altura do joelho. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, por volta das 22h, uma guarnição se deslocou até a rua Alberto Koffeke, bairro Velha ,em Blumenau. A equipe encontrou a vítima em pé, debaixo do chuveiro.  Ele estava consciente...
Continuar lendo...