Homem é detido após comprar notas falsas pela internet

Um homem de 29 anos foi detido na tarde da última terça-feira (28), pelo crime de moeda falsa. O suspeito teria comprado R$ 2 mil em notas falsas pela internet. O fato ocorreu na cidade de Jupiá, no Oeste de Santa Catarina.

Na oportunidade, os militares receberam informações da Polícia Federal relatando que um homem residente na cidade iria retirar uma correspondência na Agência dos Correios e que no envelope teriam as moedas falsas.

Com as características do suspeito, os policiais militares abordaram o homem com um envelope em mãos. Em revista, foram localizadas vinte cédulas de 100 reais, totalizando R$ 2 mil em notas falsificadas.

Questionado, o abordado confirmou que sabia que as notas eram falsificadas e que teria comprado pela Internet. 

Diante dos fatos, recebeu voz de prisão sendo conduzido à delegacia de Polícia Federal na cidade de Chapecó, juntamente com o material apreendido, para os devidos procedimentos.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Novos estudantes da UNIFEBE são recepcionados em evento de boas-vindas

O sonho de cursar o ensino superior se tornou realidade nesta segunda-feira (18), para cerca de 250 novos estudantes do Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE). A instituição preparou uma programação de boas-vindas aos calouros, que foram recepcionados no auditório do Bloco F – Bloco da Saúde, pela reitora da instituição, professora Rosemari Glatz, pelo vice-reitor, professor Sergio Rubens Fantini, pelo pró-reitor de...
Continuar lendo...

Criança descobre em peça teatral que era abusada sexualmente

Uma peça teatral apresentada na escola fez com que um homem fosse preso por abusar sexualmente de uma criança. O menor descobriu, a partir da apresentação e seu conteúdo, que era vítima do abuso e relatou o caso à unidade de ensino. A peça buscava a conscientização sobre uso de drogas e abuso sexual. Logo após ver a encenação, a criança, que não teve sexo e idade revelados, procurou a...
Continuar lendo...

(Vídeo) Estudantes se recusam a ter aula em salas improvisadas

O ano de 2022 parecia que ia começar diferente para os alunos da Escola João Boos, em Guabiruba, que há anos estão à espera da conclusão das obras de reforma daquele educandário. O governo estadual havia prometido que esse ano a obra teria sequência, o que, até o momento, ficou só na promessa.  Na manhã desta terça-feira (2), cansados das promessas, os alunos realizaram um protesto e se recusaram a entrar...
Continuar lendo...