Havan comemora sucesso nas vendas de quase 10 mil Bandeiras do Brasil em apenas um fim de semana

Após a polêmica envolvendo a juíza eleitoral, Ana Lúcia Todeschini Martinez, do Rio Grande do Sul, que disse que a Bandeira do Brasil se tornou marca de “um lado da política” no país, a Havan lançou uma campanha para reforçar a venda do item. 
A repercussão foi tanta que o estoque de Bandeiras foi praticamente esgotado em todas as 172 megalojas. Em apenas um fim de semana, foram vendidas quase 10 mil Bandeiras a preço de custo, por R$ 19,99. 
“Já refizemos o pedido com urgência para restabelecermos nossos estoques e ainda um novo pedido de 100 mil unidades foi feito para os próximos meses”, informa o dono da Havan, Luciano Hang.
Ele garante que a Bandeira do Brasil continuará vendendo muito e será um dos itens mais vendidos este ano em todas as lojas da varejista. “Ficamos muito felizes com a repercussão. Queremos reacender esse espírito patriota. Nosso negócio não é ganhar dinheiro, mas sim colocar nas mãos dos brasileiros um símbolo que é de todos”, afirma.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Professores da Rede Municipal de Brusque participam de capacitação

Na tarde desta quinta-feira (11), ocorreu a capacitação de professores da Rede Municipal de Ensino em Brusque, no museu Arquidiocesano Dom Joaquim, no bairro Azambuja. A capacitação faz parte do projeto desenvolvido pela Secretaria de Educação ‘Compartilhando Memórias Ressignificando Histórias’, que visa compartilhar a história de Brusque, memórias coletivas da cidade e o conhecimento da diversidade de acervos que...
Continuar lendo...

(Vídeo) População lota avenida para o desfile do 4 de agosto

Com tempo bom e com boa presença do público, o tradicional desfile de 4 de agosto, em comemoração ao aniversário de Brusque, voltou a ser realizado. Devido à pandemia do Coronavírus, o desfile não aconteceu por dois anos.  O tema deste ano foi escolhido como “Ressignificando a Vida, Fortalecendo Valores”.  Como tradição, o desfile ocorreu na rua na Avenida Cônsul Carlos Renaux e, segundo a...
Continuar lendo...

Defesa de Hang vai contestar posição de Moraes

Nesta quarta-feira (14), a defesa do empresário Luciano Hang tomou conhecimento da decisão do ministro Alexandre de Moraes, que rejeitou a argumentação de que o STF não é competente para investigar os oito empresários que tiveram celulares apreendidos, bloqueio de recursos e censura das redes sociais. Na decisão, o ministro diz que seria “prematuro” proceder ao declínio de competência da Suprema Corte, pelo fato...
Continuar lendo...