Samae atribui polêmica a erro de impressão

Uma nota emitida pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) na tarde desta segunda-feira (25) indica que o problema, como o registrado por uma moradora de Brusque, que recebeu uma tarifa no valor de R$ 83,4 mil, a um problema de impressão. No texto é reconhecido que a cobrança de valores “muito acima do que é considerado normal” fazem parte de uma mesma rota de entrega das faturas.

Até o comunicado, a autarquia indica ter feito uma análise dos casos e ter constatado que, “no sistema da companhia os valores estão corretos”. A nota finaliza indicando que, os clientes com débito automático devem ter seus valores debitados sem alterações.

 

Confira a nota na íntegra:

 

Nota de esclarecimento

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque informa que vem investigando desde o último final de semana a expedição de faturas de água com valores muito acima do que é considerado normal. 

Nesta segunda-feira (25), o setor de Emissão de Contas da autarquia municipal identificou que a situação foi ocasionada por um problema com a impressão das referidas faturas.

Vale ressaltar que no sistema da companhia os valores estão corretos e que a falha em questão é apenas gráfica, tendo ocorrido apenas em uma rota específica de entrega de faturas. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões