Deprecated: strlen(): Passing null to parameter #1 ($string) of type string is deprecated in /home/radiocidade/public_html/home_1/framework/class/Noticia.class.php on line 82
Sobram ferramentas de participação popular, diz vereadora

Sobram ferramentas de participação popular, diz vereadora

A população deve ser mais participativa e conhecer a diversidade de ferramentas que existem para apresentar os pleitos à gestão pública. Este foi o pensamento que dosou o discurso da vereadora Marli Leandro (PT) durante a sessão desta terça-feira (2) da Câmara Municipal de Brusque. Segundo ela, Brusque é um exemplo de modelo que possui tais mecanismos que possibilitam o envolvimento popular nas decisões mais importantes.

De acordo com a petista, os diferentes artifícios de participação popular no governo atual podem ser conferidos na presença dos conselhos municipais, conferências municipais, Fala Cidadão, orçamento participativo, além do Plano Plurianual (PPA). “Esta é uma nova ferramenta. É uma questão de se levar para a comunidade e explicar do que trata, para que a população possa opinar”, frisou sobre este último, destacando que a Prefeitura apresenta o que será executado, mas com a possibilidade de a população opinar.

Segundo Marli, uma amostra da disponibilização de meios de participação popular pode ser conferida nas ações do governo federal através dos anos. Muitos deles, em sua avaliação, tiveram o envolvimento direto da população . Citou, entre outros, o Prouni, PAC, programas de habitação, expansão das universidades públicas, políticas afirmativas contra discriminação sexual, das mulheres e raciais, alem de ações na agricultura. “Só as 73 conferencias nacionais temáticas realizadas para debater políticas públicas envolveram, em seus vários níveis, cerca de cinco milhões de pessoas” disse na tribuna.

O vereador Valmir Ludvig (PT) disse que a população tem que entender que ela possui instâncias para participar. Defendeu o uso das redes sociais, mas frisou que o melhor é se envolver ativa e pessoalmente. “Um governo popular é isso. Ele tem que estar sujeito à população, às observações e ser capaz de convencimento da população daqueles projetos que ele tem”.

Para a vereadora, a população precisa criar a ideia de que deve participar das mudanças que cobra na sociedade. “Quantas ferramentas que temos de participação, em que as pessoas são convidadas. Basta escolher. Se não pode participar de todas, escolha um assunto, um tema, um espaço que ela se identifique. Porque o administrador vai estar ali por um período. E ele tem que ouvir as pessoas”, finalizou a líder do governo.

Dúvidas ou Sugestões