Havan se une ao projeto Caixa Pra Elas

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, participou, nesta terça-feira, 9, do lançamento do Caixa Pra Elas, em São Paulo. Idealizado pela Caixa Econômica Federal, o programa tem o objetivo de combater a violência contra a mulher e a promoção da liberdade econômica e do empreendedorismo feminino.

O almoço contou com a presença da presidente da Caixa, Daniella Marques, presidente da República, Jair Bolsonaro, primeira-dama, Michele Bolsonaro, entre outras autoridades de todo o país. 

Durante o evento, foram apresentados dados para justificar a iniciativa, entre eles, que mais da metade das mulheres economicamente ativas sofre algum tipo de assédio no trabalho e, cerca de 60% sofreram violência sexual antes dos 12 anos.

A presidente da Caixa explica que o projeto possui três pilares: prevenção e repressão à violência, promoção do empreendedorismo e produtos exclusivos para as mulheres. “O que estamos fazendo aqui será muito virtuoso, pois mudará vidas e vamos transformar essas estatísticas em coisa do passado”, afirma.

Além do Governo Federal, o projeto conta com o apoio de entidades e empresas, como a Havan, que abraçou a causa e desenvolverá ações internas e externas voltadas às mulheres. “Parabéns à Caixa Econômica por lançar esse projeto. A Havan é signatária e colocará à disposição toda a rede de lojas para dar um suporte às mulheres e alertar a sociedade sobre esses dados tão preocupantes. Vamos trabalhar juntos para melhorar a vida da mulher brasileira”, afirma o dono da varejista, Luciano Hang.

Troco Solidário para elas
A Havan já realiza algumas ações em prol das mulheres, especialmente das colaboradoras. Atualmente, 75% da força de trabalho da rede varejista é feminina e 70% dos cargos de liderança são mulheres. 

Além disso, desde 2009, a Havan é uma empresa cidadã e proporciona a licença-maternidade estendida de seis meses. 

A partir de hoje, inicia também uma campanha de conscientização para público externo e interno com veiculação nos canais próprios da Havan em rede social e também na rede corporativa e palestras para todos os colaboradores das lojas.

Além disso, a Havan destinará o primeiro quadrimestre de 2023 para arrecadação do Troco Solidário a entidades que acolham mulheres em estado de vulnerabilidade. “A Caixa Pra Elas, a Havan é delas e todos juntos vamos trabalhar por elas”, frisa Hang.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

(Vídeo) Vereadores pedem esclarecimentos sobre estrutura precária de prédio do CRAS

Os problemas estruturais da unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do bairro Lageado Baixo voltaram a ser o foco de manifestações públicas. Em julho, eles haviam sido abordados pela Rádio Cidade e, na última terça-feira (6), quatro vereadores assinaram um pedido de esclarecimentos ao Poder Público sobre a situação. Os relatos de usuários indicados por Ronaldo Kohler, Vilmar Gums, Wagner...
Continuar lendo...

Homem é vítima de acidente de trabalho, no Nova Brasília

Um jovem de 22 anos ficou ferido após um portão cair sobre ele, na tarde desta quarta-feira (28). Ele prestava serviços em uma empresa da rua Joaquim Zucco no momento do acidente.  O Corpo de Bombeiros constatou suspeita de uma fratura na região da clavícula e escápula esquerdas. O portão, de cerca de 10 metros caiu sobre a vítima, que foi encaminhada para o Hospital Azambuja para atendimento.  
Continuar lendo...

Diagnóstico preliminar sobre segurança viária e acessibilidade no entorno das escolas é divulgado

O Observatório Social de Brusque (OBS Brusque) divulgou o diagnóstico preliminar referente à situação de segurança viária e acessibilidade nas áreas de entorno das escolas municipais, das cidades de Brusque e Guabiruba O estudo foi desenvolvido em parceria com o Centro Universitário de Brusque - Unifebe, por meio do Programa Cidadania Participativa, e tem como objetivo contribuir para o constante processo de aprimoramento do...
Continuar lendo...