Contribuição do MEI subirá para R$ 66 em fevereiro

A partir de fevereiro, os cerca de 14 milhões de microempreendedores individuais (MEI) registrados no país pagarão R$ 66 para contribuírem com a Previdência Social. O aumento, de 8,91%, segue o reajuste do salário mínimo, que passou de R$ 1.212 no ano passado para R$ 1.320 este ano, conforme estipulado pelo Orçamento.

O reajuste valerá apenas para os boletos com vencimento a partir de 20 de fevereiro. A cota deste mês, que vence em 20 de janeiro, continuará a ser paga pelo valor antigo, de R$ 60,60.

Para os MEI caminhoneiros, que contribuem mais para a Previdência Social, a contribuição passará de R$ 145,44 para R$ 158,40.

Os valores levam em conta a provável edição de uma medida provisória, nos próximos dias, que eleve o salário mínimo para R$ 1.320. Até agora, o salário mínimo para 2023 está fixado em R$ 1.302, conforme medida provisória editada pelo governo anterior em meados de dezembro.

Na sexta-feira (6), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que o salário mínimo "vai ser pago normalmente" ao ser perguntado sobre a edição da medida provisória que fixará o valor em R$ 1.320.

Recolhimento

Profissionais autônomos com regime tributário e previdenciário simplificado, os microempreendedores individuais recolhem 5% do salário mínimo por mês para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os MEI caminheiros contribuem com 12% do salário mínimo.

O restante da contribuição mensal varia conforme o ramo de atuação. Os trabalhadores que exercem atividades ligadas ao comércio e à indústria pagam R$ 1 a mais referente ao Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), administrado pelo estado onde mora. Os profissionais que executam serviços recolhem R$ 5 a mais de Imposto sobre Serviços (ISS), administrado pelo município onde habita.

Ao contribuírem para o INSS, os microempreendedores individuais passam a ter direito à aposentadoria por idade, auxílio-doença, salário-maternidade, auxílio-reclusão e pensão por morte. Além disso, a Receita Federal fornece um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) aos MEI, que podem emitir notas fiscais e obter crédito com condições especiais.

O boleto mensal do Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS-MEI) pode ser gerado no Portal do Empreendedor. As parcelas vencem no dia 20 de cada mês.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Palmito deve assumir Fundação de Esporte de Brusque

Edemar Luiz Aléssio, o Palmito, ex jogador e ex-gerente do SESC de Brusque, foi o nome escolhido para ser o novo diretor geral da Fundação Municipal de Esportes de Brusque. A informação foi confirmada com exclusividade a Rádio Cidade, pelo prefeito Ari Vequi. Em entrevista na manhã desta quinta-feira (12), ao programa Rádio Revista Cidade, Ari informou que na tarde desta quarta-feira, terá uma reunião com Palmito,...
Continuar lendo...

Chuva forte derruba muro e cachorro fica soterrado em Brusque

Na tarde deste domingo (29), por volta das 16h21, o Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar o resgate de um cachorro que ficou soterrado após um muro desmoronar e cair sobre sua casinha, O resgate ocorreu na rua Salvador Benvenutti, bairro Limeira Baixa, em Brusque. Segundo informações dos militares, no local foi conversado com dono do cachorro, que levou a guarnição até onde estava. Ele estava soterrado pelos escombros do muro de...
Continuar lendo...

Perseguição policial na rodovia, termina em morte

Um homem de 32 anos, morreu no final da tarde desta quarta-feira (11), após uma queda de moto na rodovia SC-410. O acidente ocorreu por volta das 17h07, no bairro Areão, em Cenelinha.  Segundo informações da Rádio Clube de São João Batista, informações preliminares, apontam que o homem é suspeito de ter cometido furtos na cidade de Nova Trento e estava fugindo das guarnições da Polícia...
Continuar lendo...